Uni-FACEF conquista novamente o 1º lugar entre as instituições públicas municipais do Brasil

No início dessa semana, o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC), divulgou o ranking do Índice Geral de Cursos (IGC) de todas as instituições de ensino superior do Brasil.

Nessa avaliação foram contempladas todas as universidades, centros universitários e faculdades públicas municipais do Brasil; e o Uni-FACEF conquistou, novamente, o 1º lugar (Tabela 1), mantendo esse resultado pelo segundo ano consecutivo. O Uni-FACEF é a melhor instituição pública municipal de ensino superior do Brasil.

 

Tabela 1 – CLASSIFICAÇÃO DO UNI-FACEF NO INEP/MEC – 2017

A MELHOR INSTITUIÇÃO UNIVERSITÁRIA PÚBLICA MUNICIPAL DO BRASIL

Ranking Nome da IES UF IGC (Contínuo)
Uni-FACEF – CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE FRANCA SP 2,639
UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA SC 2,616
UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU SC 2,607
UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL SP 2,561
CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ SC 2,510
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA PR 2,499
UNIVERSIDADE DE RIO VERDE GO 2,465
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ADAMANTINA SP 2,451
UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ SP 2,408
10º UNIFAE – Centro Univ. Fac. Assoc. Ensino de S. J. Boa Vista SP 2,380

Fonte: INEP/MEC (http://portal.inep.gov.br/indice-geral-de-cursos-igc-) 04/12/17.

Esse desempenho é resultado do comprometimento de todos: estudantes, professores, corpo administrativo e corpo diretivo. Todos comprometidos com a reputação de excelência do Uni-FACEF, que vem sendo construída ao longo de sua história.

O relacionamento de proximidade e respeito; o ensino de qualidade; o incentivo à pesquisa; a postura de responsabilidade com a comunidade; uma gestão séria e transparente; tudo isso faz do Uni-FACEF uma instituição voltada para a formação integral e que promove as profissões, a ciência e a dignidade humana. O resultado de melhor instituição pública municipal de ensino superior do Brasil é decorrência disso.