Enfermagem


A Enfermagem é uma atividade profissional secular da área da saúde, cuja essência é o cuidado ao indivíduo, família e comunidade.

O curso de Enfermagem do Centro Universitário Municipal de Franca – Uni-FACEF foi concebido na perspectiva de formar enfermeiros crítico-reflexivos com competência técnica, científica e humanista, para atuar no cuidado da saúde integral; trabalhar em equipes multidisciplinares e intervir no processo saúde-doença. O objetivo é aplicar conhecimentos, habilidades e atitudes, para exercer as atividades de assistência, gestão, ensino e pesquisa em saúde, integrando-se às demandas da comunidade.

Neste sentido, o curso de Enfermagem do Uni-FACEF  visa proporcionar uma formação centrada no estudante, colocando-o precocemente no cenário de práticas, tornando-o capaz de articular a teoria à prática vivenciada, para compreender, interpretar e intervir no processo saúde-doença, com vistas à prevenção, recuperação e promoção da saúde, em todos os níveis de atenção, comprometido com a qualidade e integralidade do cuidado com ênfase no Sistema Único de Saúde.

 

DIFERENCIAL DO CURSO:

  • Docentes mestres e doutores;
  • 100% presencial;
  • Atividades práticas desde o 1° semestre;
  • Ferramentas de aprendizagem em metodologia ativa;
  • Formação de profissionais autônomos, para assegurar a integralidade do cuidado, a segurança e humanização do atendimento prestado aos indivíduos, famílias e comunidades, tendo, como eixo integrador da formação acadêmica, a pesquisa científica articulada ao ensino e a extensão.


Perfil do egresso de enfermagem

Enfermeiro com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, com visão interdisciplinar, com competências, habilidades e atitudes para intervir sobre as situações de saúde-doenças voltadas ao cuidado e assistência do indivíduo, família e comunidade, identificando as dimensões biopsicossociais dos determinantes de saúde. Capacitado para ser um promotor de saúde integral do ser humano e agente transformador, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, contemplando a visão ética no atendimento às demandas da sociedade. Profissional qualificado para o exercício da enfermagem, além de possuir perfil de liderança, comunicação e tomada de decisões.

 

Área de Atuação

  1. Assistencial: O processo de trabalho da enfermagem tem como objetivo assistir ou cuidar das necessidades dos indivíduos, famílias, grupos sociais, comunidades e coletividades, seja de natureza física, psicológica, social e espiritual durante toda a vida. Os cenários de atuação compreendem: área hospitalar e domiciliar, clínicas de enfermagem, consultórios, ambulatórios, serviços de urgência e emergência fixos e móveis, unidades básicas de saúde, Estratégias de Saúde da Família, Centros de Convivência Infantil e de Idoso; nas redes pública e privada.
  2. Administrativa/Gerência e Gestão: O processo de trabalho da enfermagem também tem como objetivo administrar, utilizando-se de métodos para o planejar, tomar decisão, supervisionar e auditar. O campo de atuação neste contexto pode envolver: Administrar unidades e/ou serviços de enfermagem em qualquer instituição, assessoria e/ou consultoria de Enfermagem, administrar sistemas de saúde na área pública e/ou privada.
  3. Ensino: O enfermeiro também pode exercitar as teorias, métodos e recursos de ensino-aprendizagem, empregando-os como instrumentos para atender à finalidade de formar, treinar e aperfeiçoar recursos humanos de enfermagem. Sua atuação pode articular teoria e prática, como professor de cursos técnicos e profissionalizantes, além de curso superior, na área de enfermagem e demais cursos na área da saúde.
  4. Pesquisa: No campo da pesquisa, o enfermeiro pode atuar, tanto no ensino, como na prática profissional. Seu objeto é o saber já disponível em Enfermagem e as lacunas existentes nesse saber, sobre o qual ele atua com a finalidade de descobrir novas e melhores formas de assistir, administrar, ensinar e pesquisar em enfermagem.
  5. Participação Política: O enfermeiro é um agente político. O objeto da participação política, pode ser constituído pela força de trabalho em enfermagem e sua representatividade social,  tantos nas entidades de classe, como nos micros e macros espaços que ocupa.

 

Ações desenvolvidas: promover, manter e recuperar a saúde; coordenar o processo de trabalho assistir em enfermagem; formar, treinar e aperfeiçoar recursos humanos de enfermagem; descobrir novas e melhores formas de assistir, gerenciar, ensinar e pesquisar em enfermagem e conquistar melhores condições para operar os processos de trabalho em enfermagem e saúde.

Laboratórios (Em construção)

Laboratório de Enfermagem (Em finalização – Unidade III) 

O Laboratório de Habilidades de Enfermagem tem como objetivo principal disponibilizar recursos para capacitação técnico científica na área de Enfermagem ou em diferentes áreas de cursos de graduação da área da saúde. Está situado na unidade III do Uni-FACEF e está sendo equipado para dispor de recursos necessários para o desenvolvimento de aulas teórico-práticas e treinamentos de procedimento.

 

Laboratórios de Simulação

O Centro de Simulação Clínica Realística do Uni-FACEF possui cinco simuladores de alta fidelidade instalados em uma sala com mobiliário hospitalar, representando um ambiente real e otimizado, a fim de criar rotatividade e possibilitar a prática de cenários em diferentes ambientes, conta também com uma sala de controle dos simuladores onde acontece o monitoramento de todo cenário a ser trabalhado em aula e ainda uma sala de observação com sistema de sons que permite que os alunos que não estão na cena também desfrute do aprendizado.

A simulação realística traz como prioridade aliar teoria e prática para os alunos não só do curso de Enfermagem, mas de todas as áreas da saúde. Através de cenários simulados o aluno desenvolve simultaneamente aspectos cognitivos, psicomotores e afetivos que favorecem o pensamento crítico, a capacidade de liderança, a tomada de decisão, a comunicação eficaz, o gerenciamento de altas cargas de trabalho, o manejo de crises, a ética e a postura profissionais, possibilitando que esses elementos sejam ensinados e praticados. O intuito da simulação realística na graduação não é substituir as práticas clínicas com pacientes reais, mas enriquecê-las através da preparação discente para o enfrentamento dessas situações, proporcionando ao aluno um “empoderamento” mais sólido, otimizando treinamento, desenvolvimento e avaliação das múltiplas competências esperadas em profissionais da saúde, assim como trabalhar a interdisciplinaridade tão necessária ao atendimento do paciente.

 

 

Laboratório morfo-funcional

O Morfofuncional compreende as aulas de histologia, anatomia e fisiologia humana totalmente equipamento com os recursos necessários. O laboratório fica à disposição dos alunos, com livre acesso para estudos fora do horário de aula com todos os equipamentos disponibilizados e ao alcance do aluno.

 

Laboratório de Informática

O Uni-FACEF possui 04 (quatro) Laboratórios de Informática completos, com cerca de 40 estações de trabalho e bancadas para notebooks com tomadas cada um deles.

Todos os laboratórios possuem Data-Show, com projetor e sistema de áudio integrado; dispõem ainda de conexão para notebooks e tablets e de um computador para o docente.

Com Relação aos Recursos de Informática, o Uni-FACEF possui suficientes recursos para serem disponibilizados aos docentes e discentes para a realização de suas pesquisas científicas. Em termos de conexão com a internet,  oferece uma conexão dedicada à Internet e disponibiliza seu site através desta conexão, que conta com infraestrutura moderna, rápida e segura que garante confiabilidade das informações, atualização instantânea e alta disponibilidade.  Possui ainda, conexão WI-FI para todos os discentes e docentes que queiram utilizar seus próprios dispositivos (notebook, tablete, celular, etc.), vale ressaltar que os computadores de todos os laboratórios são constantemente atualizados, para que não fiquem obsoletos e lentos em torno de suas configurações.

 

O Uni-FACEF (Centro Universitário Municipal de Franca) tem sempre como meta a instalação de novos laboratórios e atualização dos existentes. Desta forma procura a adequação às necessidades de expansão acadêmica e de atualização tecnológica. As ações estratégicas para atingir este objetivo são: Aquisição de equipamentos de informática de última geração (computadores, projetores e impressoras); Aquisição de mobiliário moderno e adequado para os laboratórios; Aquisição de material e recursos pedagógicos atualizados bem como enriquecimento dos já existentes (videoteca, biblioteca, hemeroteca).


Matriz Curricular do Curso de Enfermagem

SEMESTRE DISCIPLINA Teórica Prática Total*
1º Semestre A Inserção do Estudante de Enfermagem no Uni-FACEF e História e teorias da enfermagem 66 66
Processo Saúde-doença: Modelos de Interpretação e Intervenção 33 33
Políticas e educação em saúde I 33 33
Anatomia Humana 50 16 66
Biologia Celular, Histologia e Embriologia 40 26 66
Parasitologia 25 8 33
Informática em Saúde e Enfermagem 20 13 33
CARGA HORÁRIA TOTAL – 1º SEMESTRE 267 63 330
2º Semestre Genética aplicada à Saúde 33 33
Anatomia Humana Aplicada 13 20 33
Ética e Bioética: Aplicada a Enfermagem 33 33
Psicologia em Saúde 33 33
Políticas e educação em saúde II 33 66 99
Microbiologia 20 13 33
Fundamentos e práticas para o cuidado de Enfermagem I 40 26 66
CARGA HORÁRIA TOTAL – 2º SEMESTRE 205 125 330
3º Semestre Fisiologia Humana 66 66
Bioquímica aplicada a área da saúde 33 33
Imunobiologia 20 13 33
Políticas e educação em saúde III 99 99
Farmacologia 33 33
Fundamentos e práticas para o cuidado de Enfermagem II 33 33
Metodologia do Cuidado de Enfermagem I 33 33
Projeto Integrador I 99 99
CARGA HORÁRIA TOTAL – 3º SEMESTRE 218 211 429
4º Semestre Habilidades de Comunicação 13 20 33
Políticas e Organização dos Serviços de Saúde 33 33
Processos Patológicos Gerais 33 33
Bases Nutricionais aplicada à enfermagem 33 33
Metodologia do Cuidado de Enfermagem II 33 33 66
Fundamentos e práticas para o cuidado de Enfermagem III 33 33 66
Epidemiologia aplicada à enfermagem 33 33
Vigilância em Saúde 33 33
Projeto Integrador II 99 99
CARGA HORÁRIA TOTAL – 4º SEMESTRE 244 185 429
5º Semestre Enfermagem e Saúde da Criança e do Adolescente 66 33 99
Enfermagem e Saúde da Mulher 66 33 99
Metodologia do Cuidado de Enfermagem III 33 33
Enfermagem em Saúde Coletiva e integralidade do cuidado I 33 33 66
Metodologia Científica 33 33
Projeto Integrador III 132 132
CARGA HORÁRIA TOTAL – 5º SEMESTRE 231 231 462
6º Semestre Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiátrica 33 33
Cuidado Integral na Saúde do Adulto e Idoso hospitalizado em situação clínica 66 66
Cuidado Integral na Saúde do Adulto e Idoso em situação de Perioperatório 66 66
Gerenciamento em enfermagem e Serviços de Saúde 66 66
Enfermagem em Saúde Coletiva e integralidade do cuidado II 33 33
Oficina de Projetos 33 33
Enfermagem na Assistência ao Paciente Crítico 33 33
Projeto Integrador IV 132 132
CARGA HORÁRIA TOTAL – 6º SEMESTRE 330 132 462
7º Semestre Estágio Curricular Supervisionado: Prática e Gestão do Cuidado em Enfermagem nos Serviços de Saúde 400 400
Projeto Integrador V 49 50 99
Gestão nos serviços de saúde 99 99
CARGA HORÁRIA TOTAL – 7º SEMESTRE 148 450 598
8º Semestre Estágio Curricular Supervisionado: Prática e Gestão do Cuidado em Enfermagem nos Serviços de Saúde 400 400
Projeto Integrador VI 49 50 99
Gestão nos serviços de saúde 99 99
CARGA HORÁRIA TOTAL – 8º SEMESTRE 148 450 598

 

Síntese da Carga Horária Teórica Prática Total*
Carga Horária 1.791 1.847 3.638
Atividade Complementar 204
Trabalho de Conclusão de Curso 160
Carga Horária Total (Hora relógio + estágio) 4.002

*Total = Hora-Relógio

Disciplina Optativa: Libras CH: 33H