Uni-FACEF está preparado para volta às aulas híbridas quando autorizado

Desligado

No atual cenário, ainda marcado por muitas incertezas, decorrentes da pandemia da Covid-19, o Uni-FACEF tem se preparado com capacitações, distribuição de EPI (equipamentos de proteção individual) e EPC (equipamentos de proteção coletiva), organização de Manual de Segurança e de protocolos, visando à volta às aulas em suas dependências, assim que isso for permitido pelas autoridades municipais e estaduais.

As atividades práticas dos cursos de Enfermagem, Medicina e Psicologia, por sua vez, já estão sendo realizadas na modalidade presencial, desde o ano passado, como reposições, a partir de autorizações legais, dentro das exigências das autoridades da área da saúde pública.

Em virtude de Franca estar na fase vermelha do Plano São Paulo, conforme avaliação realizada em 5 de fevereiro, as aulas presenciais ainda não podem ser retomadas. Uma nova avaliação do Plano São Paulo será divulgada na próxima semana e, diante da possibilidade de Franca voltar à Fase Laranja, e desta à Amarela, o Uni-FACEF antecipou-se e já se organizou para receber os estudantes (Veteranos e Calouros), assim que as aulas híbridas puderem ser adotadas. As aulas híbridas mesclam aulas presenciais e online.

Os protocolos de segurança desenvolvidos pelo Comitê de Estratégias de Avaliação Sobre a COVID-19 – formado pela Reitoria e pelas chefias de departamentos dos cursos da área da Saúde, além do engenheiro do trabalho, normatizam a distribuição de EPI e EPC nas dependências da Instituição, bem como as práticas de recepção (distanciamento social, aferição de temperatura etc.); e regras de circulação de estudantes, professores e funcionários da Instituição, bem como a utilização de suas dependências, como, por exemplo:

  • circulação segura na Instituição, sempre com máscara e uso de álcool em gel;
  • utilização da Biblioteca, elevadores e demais espaços;
  • utilização das escadas;
  • utilização e permanência em sala de aula; disposição de portas e janelas sempre abertas, para que se evite tocar em maçanetas e trincos, por exemplo; e
  • práticas docentes que atendam plenamente tanto ao estudante em sala de aula, quanto ao estudante que estiver assistindo às aulas online.

Esses esforços visam evitar novos casos de Covid-19 e, por isso, preservar as vidas.

Além do desenvolvimento do Manual de Segurança, o Uni-FACEF, com o apoio de seu Comitê de Estratégias de Avaliação Sobre a COVID-19, tem realizado capacitações para as aulas híbridas. Uma das capacitações aconteceu na manhã de quarta-feira (03), quando foi simulada uma aula presencial. Participaram, presencialmente, os Profs. Drs. Alfredo José Machado Neto e João Baptista Comparini (Reitor e Vice-Reitor da Instituição, respectivamente), a Profa. Dra. Sheila Fernandes Pimenta e Oliveira (Pró-Reitora Acadêmica), e o Prof. Dr. José Alfredo de Pádua Guerra (Pró-Reitor Administrativo). E, de forma remota, participaram os chefes de departamento da IES (Instituição de Ensino Superior). Todos assistiram à aula ministrada pela Profa. Dra. Melissa Franchini Cavalcanti Bandos, docente e Pró-Reitora de Extensão, do Uni-FACEF. Na ocasião, foram testados equipamentos, transmissão de dados (para aqueles que assistiam de forma online) e a interação professor-aluno.

O resultado foi bastante animador para todos. O conteúdo da aula foi o próprio Manual de Segurança da Instituição, de forma a orientar a todos sobre as práticas adotadas, desde a entrada dos estudantes, professores e funcionários até a saída, ao final das aulas.

O Reitor do Uni-FACEF, o Prof. Dr. Alfredo José Machado Neto, afirmou que “Todos os protocolos foram observados no Manual, o que permite, à Instituição, uma cuidadosa e responsável retomada das aulas. Sabemos que a ocupação deverá ser gradual, mas é animador saber que temos a possibilidade de receber nossos alunos presencialmente com segurança”.