Utilidade pública – O banco de leite materno da Santa Casa de Franca pede ajuda

Com DIÁRIO DA FRANCA

O Banco de Leite Humano, da Santa Casa de Franca, pede ajuda. O estoque está baixo e restam apenas seis litros para atender às crianças internadas no hospital. A direção pede às mães que estejam amamentando que façam doação.

Segundo a enfermeira chefe do Banco de Leite Humano, Ana Luisa, vários são os fatores que levam à baixa do estoque: o clima, a falta de tempo, ou dificuldade de locomoção. O Banco de Leite Humano é de extrema importância, pois é ele que fornece, aos bebês prematuros e de baixo peso, o leite com todos os nutrientes necessários, mantendo um índice de praticamente 100% de vidas salvas, em função dessas doações.

A mãe que está amamentando pode doar sem receio de que irá faltar leite para seu filho, pois a coleta estimula o organismo a produzir mais leite; e caso não tenha tempo de ir até o Banco de Leite Humano, poderá fazer a coleta em casa e armazenar o leite, que será recolhido pelo pessoal do hospital – basta agendar previamente com o Banco de Leite.

O Banco de Leite Humano, da Santa Casa de Franca, é o único na região e possui duas certificações de Qualidade Ouro, do Ministério da Saúde / Fundação Oswaldo Cruz / Instituto Fernandes Figueira, pela excelência na realização dos processos, como recepção da mãe para a coleta, pasteurização, exames biológicos, até o momento do fornecimento do leite na forma pura e esterilizada, com a máxima segurança para a saúde dos recém-nascidos.

Banco de Leite está com estoque baixo e precisa de doações. Foto: Divulgação.